Pilares de Acompanhamento

Dentro de cada fase da Jornada do Empreendedor, existem 12 pilares. Os 12 pilares representam todas as áreas de conhecimento para as quais os empreendedores devem dar atenção ao construir um negócio, independente do mercado modelo de negócio ou tecnologia empregada.

VALIDANDO OS ÍTENS ATRAVÉS DOS PILARES:

Com as fases da jornada + os pilares, temos um diagnóstico mais aprofundado e individualizado de tudo que startup já tem validado, atrasado ou adiantado de acordo com sua maturidade. Sabemos onde exatamente ela está dentro de sua jornada.
Nossos 12 pilares são:

MINDSET: Como os empreendedores pensam e agem em relação aos diferentes problemas inerentes a começar e gerir uma startup.

ESTRATÉGIA: Como traçar os melhores caminhos para atingir os objetivos de acordo com os recursos disponíveis.

NEGÓCIO: Toda a modelagem do negócio. Como a empresa criar valor, como ela entrega valor e como captura valor.

EQUIPE: Time de sócios da startup e primeiros funcionários. Mapeamento das competências chave para tocar o negócio e desenvolvimento de pessoas.

PRODUTO: A parte de tecnologia da startup, independente de ser software, hardware, aplicativo, sistema e etc.

OPERAÇÕES: O dia a dia interno do negócio para entregar ao cliente o que foi prometido no momento da venda.

GESTÃO: Definição de objetivos e metas de curto prazo, bem como monitoramento dos melhores indicadores para cada um deles.

FINANÇAS & INVESTIMENTOS: Toda a relação da startup com dinheiro. Faturamento, despesas, Fluxo de caixa, captação de investimentos e etc.

MARKETING E VENDAS: O processo comercial da startup de atração, conversão e retenção de clientes

PITCH & DECK: Como a startup se apresenta para os diferentes tipos de pessoas que possam estar interessadas em entender melhor o negócio, como clientes, parceiros, investidores, aceleradoras entre outros. Para cada um desses o discurso é um pouco diferente.

BACK OFFICE: Toda a parte que geralmente o empreendedor não gosta de se preocupar pode dar sérios problemas no futuro, como a parte legal, jurídica, contábil e fiscal da empresa.

NETWORKING E ECOSSISTEMA: Toda a rede de relacionamentos estratégica que o empreendedor pode construir e usar para alavancar sua empresa mais rapidamente.

VALIDANDO OS ÍTENS ATRAVÉS DOS PILARES:

Dentro de cada pilar, existe um checklist composto por alguns itens que precisam ser preenchidos para que o empreendedor possa completar o pilar em questão e avançar para a próxima fase.

O número de itens varia de acordo com a necessidade do pilar em cada fase de de maturidade. Nossa metodologia é viva e evolui conforme nosso próprio conhecimento sobre startups evolui. Por isso,  a quantidade de itens por fase atual é:

IDEAÇÃO:
20 Itens

PRÉ-OPERAÇÃO:
25 Itens

OPERAÇÃO:
35 Itens

TRAÇÃO:
30 Itens

EXPANSÃO:
15 Itens

Então, atualmente existem 125 itens para serem validados através de nossa metodologia. A startup, após entrar no processo e ter sua maturidade determinada, automaticamente o time precisa entregar os itens das fases anteriores para determinarmos que não existem gaps.

Exemplo: uma startup que entra em na fase de operação precisa entregar os 45 itens correspondentes às fases de IDEAÇÃO e PRÉ-OPERAÇÃO.

Quando somamos a fase da jornada + pilar + item, sabemos exatamente qual o próximo passo devemos dar. E também quais nossos pontos cegos, onde estamos expostos ao risco de quebrar ou andar de lado no futuro e se existem inconsistências no negócio.